A mobilização é para transformar o setor na região e deixa-lo mais forte e competitivo com o restante do país e do mundo

Tornar o Norte mais competitivo e fortalecer os negócios locais. São algumas das propostas principais apresentadas por empresas e profissionais de comunicação e marketing em reunião realizada, em Porto Velho (RO), para criar o capítulo da Associação Brasileira de Agentes Digitais (ABRADi). O encontro aconteceu na última quinta-feira (22/09), com o presidente da Abradi-Nacional, Anderson de Andrade, o qual expôs as principais tendências e mudanças no mercado da comunicação.

Um dos organizadores do movimento da Abradi-Norte, Rafael Abreu, acredita que a fundação da associação vai trazer novas possibilidades ao mercado e organizar o setor para acompanhar e alinhar as práticas locais e regionais aos padrões internacionais de qualidade. “Nesse cenário cada vez mais conectado e o digital transformando o ambiente mais criativo, colaborativo e inovador, precisamos fortalecer os negócios regionais e criar um ecossistema, como um todo, competitivo com o mundo”, propôs Rafael Abreu.

Previu o presidente da Abradi, Anderson de Andrade, que a organização dos agentes e agências no Norte coloca a região em evidência e abre um leque de oportunidades. “Estamos vendo aqui a mobilização de um grupo interessado em aproveitar os benefícios do associativismo. Além do mercado, é um passo para construir uma sociedade mais transparente e livre, que utiliza a internet para se informar, estudar, fazer negócios e exercer seus direitos de cidadania. Anderson Andrade prenunciou um futuro promissor : “O passo aqui dado é histórico e importante não apenas para o Norte, mas  para o mercado digital brasileiro”.

O Encontro na PnA

A Abradi reúne mais de 700 empresas de 15 estados e busca consolidar o setor e auxiliar as empresas associadas na gestão de seus negócios. Além de colaborar ativamente na discussão de normas e processos de excelência e a dialogar francamente com o mercado e os outros setores da sociedade. “No Norte, a PnA Publicidade foi a primeira a se associar e a buscar melhorias para o setor regional, por isso estamos aqui para consolidar essa parceria e unir todas as forças locais”, sugeriu Andrade. Ele ficou admirado com a diversidade dos agentes presentes na reunião e lançou o desafio para que todos se fortaleçam dando continuidade aos debates.

Novos encontros estão previstos para acontecer nos próximos meses tanto em Rondônia quanto em outros estados do Norte com objetivo de incluir todas as demandas da região e consolidar a fundação da Abradi-Norte.

Sobre a ABRADi

A Associação Brasileira dos Agentes Digitais (ABRADi) foi fundada em março de 2009 reunindo todas as associações regionais que agregam as agências de comunicação digital do Brasil. Com representação em 14 regionais (São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraíba, Minas Gerais, Bahia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Distrito Federal, Pernambuco, Paraná, Goiás e Rio Grande do Norte e Interior de São Paulo), a entidade possui cerca de 700 associados e tem como objetivo aculturar o mercado, discutir novas práticas, fomentar o segmento e qualificar profissionais. Recentemente a associação assumiu um novo posicionamento e mudou a sua nomenclatura para Associação Brasileira dos Agentes Digitais, ampliando a sua representatividade no mercado digital ao incluir empresas de outros segmentos em seu quadro associativo. A atual gestão (2016-2018) é composta pelo presidente Anderson de Andrade, pelo vice-presidente Marcelo Sousa e pelo tesoureiro Paulo Henrique Ferreira. A direção-executiva é de Alexandre Gibotti desde a fundação da ABRADi.