Uma coisa que vem acontecendo com grande frequência nos últimos tempos é a chamada Fake News. Mas por que ela é tão falada assim? Será que realmente causa tanto impacto quanto se especula?

Fake News é o termo em inglês para o ato de propagar notícias falsas com o objetivo de difamar alguém ou obter algum ganho financeiro e/ou político. Essa prática geralmente ganha força em épocas de eleições, como as que acontecerão em 2018, ou com acontecimentos que atingiram alguns grupos sociais e ganharam proporção nacional, exemplo das fake news relacionadas à morte da vereadora Marielle Franco.

1 – Sempre cheque a fonte da notícia

Muitos sites e pessoas nas redes sociais compartilham a notícia sem antes conferir de onde vem e se é verídica. Se estiver lendo uma matéria em alguma rede social, procure mais sobre o assunto no Google, ele mostrará notícias relacionadas ao assunto de sites e jornais confiáveis.

2 – Evite páginas sensacionalistas

Muitas páginas e grupos em redes sociais são criados por pessoas que transmitem suas emoções e princípios por meio das publicações que fazem, ou seja, não publicam a informação de maneira imparcial e acabam colocando seu ponto de vista nos textos. Páginas sérias de notícias e jornais estão sempre atrás da verdade e procuram passar a informação de forma neutra e sem tomar nenhum partido.

3 – Leia a matéria completa, não apenas a chamada

Antes de passar a notícia adiante, leia-a na íntegra para saber se o que está dizendo é aquilo mesmo que você pensou e se você realmente concorda com o que está sendo dito. Manchetes e títulos tendenciosos demais geralmente são feitos para criar uma informação que não é exatamente aquela que contém no texto. É sempre bom conferir antes do que realmente se trata o link.

4 – Grupo de Whatsapp não é fonte confiável

Aquela mensagem que você recebeu no grupo da família falando que a polícia vai fazer isso ou aquilo, ou que a multa por dirigir embriagado agora é de 10 mil reais nem sempre pode ser verdadeira. Muitas pessoas criam e espalham mensagens falsas em grupos de Whatsapp para criar tumulto ou prejudicar a imagem de alguém. Antes de passar para frente, vale a pena conferir em algum lugar confiável se a informação é verdadeira.

5 – Confira a data de publicação

A notícia pode até ser verdadeira, mas é tão antiga que acaba tornando-se falsa. Às vezes, algo que aconteceu há muito tempo volta à tona como se fosse atual e acaba distorcendo uma realidade que não existe. É importante ficar atento às datas das publicações para não cair no erro de achar que algo que já aconteceu está acontecendo de novo.

  • Duplicar Seção
  • Adicionar Seção
  • Salvar Seção
  • Remover Seção
  • Editar Coluna
  • Duplicar Coluna
  • Adicionar Coluna
  • Remover Coluna
As Fake News podem tomar proporções maiores que imaginamos e causar mal para pessoas que tiveram uma notícia falsa espalhada contra ela.

Apesar de não existir legislação específica para punir quem produz e compartilha notícias sem embasamento, a justiça brasileira pode condenar os responsáveis tanto civil quanto criminalmente, com penas de 3 meses a 4 anos, além de indenização para a vítima, conforme cada caso.

Agora que você já viu dicas de como identificar e se prevenir contra as fake news, coloque-as em prática e evite a disseminação de informações que servem para distorcer o pensamento da sociedade.

Allonnso Henrique
Analista de Conteúdo Digital e Interação na PnA Publicidade. Bacharel em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo, com mais de 6 anos de experiência na área.