Estamos em uma era que a globalização está crescendo rapidamente. Milhares de pessoas estão se adaptando às novas tecnologias e consequentemente estão fazendo das redes sociais lugares de lutas por direito, exposição de opiniões e manifestações.

É mais que evidente que a força e participação das mídias nos movimentos sociais estão mudando a voz daqueles que usam essa ferramenta para se comunicar.

Mas será que as redes sociais têm o poder de dar mais visibilidade para esses movimentos?

Só o fato de que as redes sociais podem contribuir com a interação e promover conversas, já responde a este questionamento.

Lembra daquele ditado “Juntos somos mais fortes”? A internet tem o poder de unir tribos e grupos que se identificam e apoiam as mesmas causas.

Você disse empoderamento??

Quem nunca escutou essa frase nesses últimos tempos, que atire a primeira pedra! Agora com as mídias, não só essa frase, mas todas as manifestações de poder estão ganhando voz em nosso meio. Como é o caso do feminismo.

O feminismo em si é um movimento intelectual e social que luta por direitos iguais entre os gêneros.

Nos últimos anos ele vem sendo discutido muito na internet. Sua visibilidade aumentou em uma proporção considerável e muito se deve a repercussão das mídias. Além disso, celebridades, youtubers e outras figuras públicas também passaram a falar sobre o empoderamento feminino e sua luta.

Podemos usar como exemplo, um grande símbolo do empoderamento atual, a cantora Iza. Ela com seus dois milhões de seguidores, usa o potencial da internet para se comunicar. E está fazendo isso muito bem! Hoje ela é vista como um exemplo de visibilidade feminista e pessoa empoderada.

Viu só? A internet está aí para todos os públicos! E é neste momento que podemos usar essa ferramenta ao nosso favor! Os marketeiros de plantão precisam ter atenção ao discurso que fazem para seu tipo de público. As pessoas estão demonstrando cada vez mais que elas preferem a verdade, a justiça, querem ser ouvidos e notados. É preciso analisar, produzir conteúdos inovadores e interagir. Ser sensível aos anseios de cada cliente, trabalhando cada um como se fosse único. E claro, aproveitar essa onda revolucionária que a internet nos dá e produzir conteúdo inteligentes!

 

 

Juniely Nogueira

Assistente de Analista de Conteúdo Digital na PNA Publicidade. Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo